Como o Probatone 25 está ajudando Mário Zardo na expansão de sua torrefadora

MarioZardo_Site

Em Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo, Mário Zardo segue os passos do pai que era produtor de café nas Montanhas Capixabas. Hoje, além de produzir, Mário também seleciona grãos de outros produtores da região e realiza a torrefação em sua empresa Seleção Do Mário Cafés Especiais.

Desde 2002 atuando com cafés especiais, Mário só trabalha em sua marca com cafés gourmets, de no mínimo 84 pontos, com ampla variedade de torra para os mais diversos paladares. Seus cafés podem ser encontrados nas versões em grãos ou moído, em algumas cafeterias e também no site oficial da marca.

Para Mário, o processo de torra é a parte principal, onde realmente é possível descobrir e potencializar as características de cada grão. Nesta etapa, segundo ele, um equipamento de boa qualidade faz toda a diferença para alcançar melhores resultados.

“Os resultados com meu Probatone 25 estão sendo muito superiores do que com os torradores de outra marca que eu utilizava. Consegui ampliar minha produção de cafés especiais com uma qualidade superior e atender ainda melhor os clientes que possuem grandes demandas. A gente vê que a uniformidade das torras é excelente, e até meus clientes perceberam a diferença no sabor dos cafés depois que comecei a usar um Probat. Hoje consigo entregar um ótimo resultado com os grãos e agregar mais valor ao meu produto”, comenta Zardo.

Mário Zardo conheceu a Probat durante a Semana Internacional do Café, e desde então almejava possuir um de seus produtos. Hoje, além do Probatone 25, Mário também conta com os moinhos M-50 e já está com planos arrojados para a expansão de sua torrefadora. O próximo torrador que pretende adquirir é o Probatone 60.

“A Probat para mim é referência em equipamentos tecnológicos e de alta qualidade. Além disso, contam com um atendimento de primeira, pois o pós-venda realmente existe! Tenho contato direto com os consultores e quando preciso de alguma informação técnica, estão a postos para me ajudar de maneira remota ou mesmo vindo até aqui para solucionar minhas dúvidas”, relata Zardo.