Tag: campeonato de barismo

foto-torra-campeonato

Região da Alta Mogiana promove pré-seletiva do Campeonato Brasileiro de Barismo, na modalidade torra

A O´CoffeeBrazilianEstates e a Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana irão promover, em parceria, a primeira pré-seletiva do Campeonato Brasileiro de Torra na Região da Alta Mogiana. O objetivo da ação consiste na promoção da cadeia produtiva e dos cafés especiais; e na valorização dos profissionais diretamente envolvidos com a industrialização do grão.

No campeonato de torra, os profissionais serão desafiados a torrarem com perfeição o café especial disponibilizado pela organização de forma a extrair o máximo do potencial qualitativo da bebida, respeitando as regras da competição. E mais uma vez a Probat será patrocinadora do evento, que terá o Probatino como torrador oficial da competição.

O campeonato será realizado nas dependências da O´CoffeeBrazilianEstates, em Pedregulho/SP, entre os dias 24 a 26 de maio de 2018. Poderá se inscrever como competidor qualquer profissional de nacionalidade brasileira ou residente legal por mais de 24 meses, residente em qualquer estado, com idade mínima de 18 anos na data da competição. O período da inscrição será de 23 de abril a 11 de maio, através do site da BSCA, Associação Brasileira de Cafés Especiais (www.bsca.com.br). Para saber mais sobre a competição, leia o Regulamento.

A pré-seletiva de “Torra” da Região da Alta Mogiana compõe uma etapa oficial do Campeonato Brasileiro de Barismo, organizado pela BSCA, Associação Brasileira de Cafés Especiais. Ou seja, os competidores com os melhores desempenhos na etapa Região da Alta Mogiana estarão automaticamente inscritos para a Campeonato Brasileiro de Torra. O vencedor da etapa nacional se classifica para o World CoffeeRoastingChampionship, que acontecerá de 16 a 18 de setembro em Dubai, Emirados Árabes Únidos.

Com esta ação, a Região da Alta Mogiana realizará um total de 3 pré-seletivas, em 2018, dos Campeonatos Brasileiros de Barismo, nas modalidades “torra”, “brewers” e “cuptasters”, demonstrando seu apoio ao desenvolvimento dos profissionais e apresentando o potencial qualitativo dos grãos da Região.

 

DSC_9339

Brasil define representante para o World of Coffee 2017

Campeã na categoria Brewers Cup, Camila Franco irá disputar o mundial em Budapeste

O primeiro contato com o café veio ainda na infância: quando tinha 7 anos de idade, Camila Franco de Souza costumava acompanhar todo o processo de torra que acontecia semanalmente na recém-inaugurada cafeteria da família, o Lucca Cafés Especiais. Desde pequena, a partir da observação que fazia da mãe, Georgia Franco de Souza, torrando os mais diferentes tipos de café, Camila já demonstrava interesse pela cultura da bebida.

E o que era apenas motivo de observação durante a infância, tornou-se há cerca de um ano a grande paixão de Camila. Vencedora do Campeonato Nacional de Barismo na categoria Brewers Cup no último mês, Camila conta que ficou emocionada quando obteve a conquista.

“Esse foi o primeiro campeonato que participei. Treinei muito durante dois meses e quando soube do meu resultado positivo fiquei muito feliz, o sentimento foi de dever cumprido”, conta.

A vitória de Camila no campeonato nacional rendeu a barista a classificação para participar do mundial que acontece nas próximas semanas. Durante os dias 13,14 e 15 de Junho, a feira “World of Coffee 2017” que será em Budapeste, na Hungria, irá reunir mais de 200 expositores da indústria do café ao redor do mundo, além de cursos e competições que acontecerão durante o evento. As competições estão divididas em 5 categorias: World Brewers Cup, World Latte Art Championship, World Coffee in Good Spirits Championship, World Cup Tasters Championship e The World Cezve/Ibrik Championshop.

Camila irá disputar na categoria World Brewers Cup, que em português seria o equivalente ao Campeonato de Filtragem de Café. Para a apresentação, ela revela que irá trabalhar com o mesmo café que lhe rendeu a vitória na competição nacional. O café capixaba da Fazenda Forquila do Rio, produzido por Afonso Lacerda é o preferido da barista, já que o seu sabor remete muito ao melado de cana e ao limão.

“Acredito que o grande segredo para vencer a prova está no alinhamento da técnica, da procedência do café e principalmente do controle emocional do competidor. Manter a calma em meio a pressão será o maior desafio para mim”, destaca Camila.

Além da competição que reúne a técnica de filtragem manual à qualidade do café utilizado, Camila também irá apresentar um panorama da produção do café no Brasil para auxiliar na contextualização de sua prática.

“Desde que fui classificada para o mundial, há cerca de um mês, tenho me dedicado ao estudo quase todos os dias. Quero mostrar ao mundo e principalmente aos juízes que estarão julgando a riqueza de sabores que encontramos no café brasileiro, sua sutileza e aroma agradável”, finaliza.