Democratizando a informação em tornos dos cafés especiais: conheça o trabalho da Unique Cafés

Com uma comunidade de quase 160 mil #coffeelovers reunidos nas redes sociais, a Unique Cafés é sinônimo de consistência e inovação quando se fala em café e educação.

Mas, para chegar aonde chegou, o trabalho começou lá trás, há cerca de 15 anos. Idealizada pelos irmãos Helcio e Jacques Carneiro, a Unique Cafés nasceu com um propósito bem específico: mostrar ao público que, dentro da categoria dos cafés especiais, o que não falta é diversidade; e propagar a diversidade dos cafés especiais por meio da educação é a principal visão da marca.

Após um período de imersão no mercado externo, Helcio viu a necessidade de criar uma brand que democratizasse o acesso da população aos cafés especiais. Foi então que, em 2007 nascia a Unique Cafés, na cidade de São Lourenço, na região montanhosa da Mantiqueira de Minas.

A marca cresceu e, além da fazenda, se tornou uma indústria que hoje busca oferecer ao consumidor uma experiência consistente na xícara.

“Nosso maior desafio hoje é, após coletar amostras de diferentes produtores do país, desenvolver perfis que valorizem cada tipo de grão e manter na xícara um padrão consistente para o consumidor”, afirma Helcio.

Atualmente, a Unique Cafés conta com uma equipe de 3 profissionais dedicados exclusivamente à torra dos cafés que são realizadas em um equipamento da Probat Leogap, o Probatone 25.

“Não se trata apenas de técnica ou apenas de um equipamento. As duas coisas precisam estar alinhadas. Quando recebemos a visita de um técnico da Probat Leogap para manutenção, sempre recomendo aos torrefadores que tentem extrair o máximo de informações sobre como podemos extrai a melhor performance para que o resultado na xicara seja atingido com excelência”, destaca.

Trabalhando com cafés acima de 84 pontos, Helcio destaca algumas práticas que considera importante para obter um resultado satisfatório durante a torra: manter a consistência, prática diária, repetibilidade e entender a funcionalidade do equipamento.

“A prova e degustação constante são essenciais, pois café é xícara”.  

Acesso aos cafés e à informação

Com uma diversificada gama de clientes,  a Unique Cafés hoje atende o público B2B (empórios e cafeterias) e o público B2C (consumidor final). Na loja virtual, que existe há mais de 10 anos, é possível adquirir os cafés da marca de forma rápida, prática e intuitiva. São diversos tipos de cafés para todos os gostos, de edições limitadas (microlotes), até edições “raridade” (nanolote).

Além do e-commerce, no site da Unique Cafés também é possível encontrar uma categoria exclusiva com cursos e treinamentos para torrefadores, donos de cafeteria e apreciadores de cafés especiais, muitos desses conteúdos, inclusive, estão à disposição do público de forma gratuita. Os cursos de Barismo, Degustação e Torra são alguns dos destaques da categoria que em breve irá lançar mais uma novidade: um curso inédito de Gestão de Cafeterias, com foco na formação de empreendedores certificados e preparados para entrar no mercado.

Já no canal do Youtube e no Instagram da brand, semanalmente diversos conteúdos sobre o universo dos cafés especiais são compartilhados, a maior parte informativo, sempre com uma linguagem acessível e voltada para o entendimento desse universo.

No Sítio da Torre, de onde vem parte dos cafés da Unique, quem visita a região da Mantiqueira de Minas tem a possibilidade de imergir na cultura dos cafés especiais realizando um tour pela fazenda.

“Muito mais do que uma atração turística, aqui o visitante é impactado com informação sobre o funcionamento da cadeia do café especial, desde o início do plantio até o resultado obtido na xícara, passando pela etapa de torra, moagem e métodos de preparo”, conta.

Quando pesquisamos sobre a Unique Cafés na internet, diversos conteúdos sobre cafés especiais saltam da tela: aqui nota-se que o maior pilar da marca é a educação.

“A Unique nasceu da necessidade de educar o consumidor sobre cafés especiais, pois, apenas educando, é que ele irá se interessar pelo consumo. Educar é o nosso DNA”, finaliza Helcio.